quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Momentos de reflexão para decisão dos rumos associativos e representativos da profissão de Detetive Particular a ser lançado em MARÇO de 2018 em Brasília no 2º CONGRESSO NACIONAL DOS DETETIVES PARTICULARES DO BRASIL.


MENSAGEM AOS DETETIVES PARTICULARES DO BRASIL


Quando iniciamos em 2010 a caminhada pela aprovação da, hoje Lei Federal 13.432/17, não imaginávamos que em tão pouco tempo teríamos um ato regulatório que colocou a profissão de Detetive Particular no rol das profissões em uma lei específica.

Este evento revolucionou e ainda revolucionará o sentimento social que a profissão possa ter no seio da sociedade e nas autoridades brasileiras.

O melhor ainda está por vir.

Dias de reconhecimentos por autoridades que sempre viram os Detetives Particulares como um ser no limbo da sociedade. Agora com o advento da lei, os olhares devem ser avaliados por que em cada figura de um detetive está ali um profissional reconhecido pela legislação brasileira.

Mais ainda.

Quem contratar um Detetive Particular se sentirá mais seguro. Mais amparado e mais certo de que terá seu Contrato de Trabalho realizado por profissional reconhecido.

São estes itens e outros mais que nos levam, enquanto o estado brasileiro não age em ter um órgão fiscalizador e orientador da profissão, a sugerirmos para a categoria a criação de entes associativos PRIVADOS que por enquanto poderão fazer o dever que o estado brasileiro não está fazendo.

A ODB e FENAD são entidades PRIVADAS ainda não constituídas legalmente, porém com seus organizadores já anunciados à categoria, que farão um debate nacional para saber se é isso mesmo que todos querem. E se for a vontade de todos a ODB, sob a organização do Detetive Raul Ábacus e a FENAD sob a organização do Detetive Décio Freitas começam a se estruturar legalmente dentro da legislação brasileira que regula a criação de entidades associativas em caráter PRIVADO.

O lançamento destes entes associativos será na terceira semana de MARÇO DE 2018 em Brasília no 2º CONGRESSO NACIONAL DOS DETETIVES PARTICULARES DO BRASIL, provavelmente entre os dias 20, 21 e 22 de março.

Deixo a partir de agora aos profissional da investigação privada Raul Ábacus e Décio Freitas a missão de fazerem acontecer este projeto sugerido por eles e pego por eles para dar andamento perante a categoria, juntos com outros profissionais que incentivaram este ato. Agora é com vocês!!!

Me despeço de todos afirmando que sempre estarei do lado desta FORTE PROFISSÃO e dos milhares de amigos que fiz nesta caminhada.


Um abraço à todos.


Atenciosamente.

Itacir Flores

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Det Ábacus de Porto Alegre - Rio Grande do Sul: ORDEM DOS DETETIVES DO BRASIL - ODB. Começa uma nova caminhada.

Det Ábacus de Porto Alegre - Rio Grande do Sul
"Conheço muito bem a profissão. Tenho mais de 30 anos de exclusivo serviço prestado a investigação privada. Sou Detetive Particular por vocação e é da profissão que tiro o meu sustento. Posso falar sobre a categoria, pois a conheço há mais de 3 décadas. Decidi, junto com alguns parceiros criar a entidade privada ODB - Ordem dos Detetives do Brasil - que será uma entidade voltada para todos os profissionais que desejarem se cadastrar e participar dela. Será uma entidade voltada a atender os anseios de mais de 95% da categoria que hoje não tem uma entidade que congregue todos da forma como pretendemos fazer. 
Muitas novidades vem por aí. 
Aguardem. 
Venham conversar comigo e participar deste projeto." 

Palavras do Detetive Ábacus organizador da OAB

Det Décio Freitas: FEDERAÇÃO NACIONAL DOS DETETIVES DO BRASIL - FENAD vem aí. Participe!!!


Vídeo do Detetive Décio Freitas organizador da FENAD
Sindicalização da profissão dos Detetives Particulares do Brasil, começará a estruturar mais de 5 sindicatos pelo Brasil a fora para a concretização da ideia de formar a FENAD - Federação Nacional dos Detetives do Brasil.

O Detetive Décio Freitas do estado de São Paulo será o organizador desta entidade privada e está montando sua equipe de colaboradores para pôr em prática a entidade.

"Quero me dedicar junto com os profissionais que se aglutinarem neste primeiro momento para formarmos a FENAD e dar visibilidade a categoria. Saliento que é uma entidade privada e se associa ao projeto quem for detetive e quiser participar de livre e espontânea vontade. Começarei a fazer os convite amanhã" Disse o detetive Décio Freitas.


domingo, 1 de outubro de 2017

O Detetive Mário Rodolfo Budino Del Pratto do estado de São Paulo será o organizador do Museu Nacional do Detetive no Brasil.

Itacir Flores anuncia o nome do Detetive Mário Del Pratto para coordenar o Museu do Detetive
O Detetive Mário Del Pratto do estado de São Paulo será o organizador do Museu do Detetive no Brasil.

Na última Reunião de Trabalho ficou acertado que Mário começa a estruturar este novo órgão que reunirá a História do Detetive Particular no Brasil.

Desta forma, já neste início do mês de outubro, será feito alguns atos para a formalização do ente e o convite à alguns profissionais para que ajudem o Detetive Mário nesta nova empreitada da Comissão Nacional que busca melhorias para a profissão.

Saiba o que é Museu
Um museu é, na definição do International Council of Museums (ICOM, 2001), "uma instituição permanente, sem fins lucrativos, a serviço da sociedade e do seu desenvolvimento, aberta ao público e que adquire, conserva, investiga, difunde e expõe os testemunhos materiais do homem e de seu entorno, para educação e deleite da sociedade".

Saiba mais CLIQUE AQUI

Novidades em breve.






Reunião de Trabalho em Salvador BAHIA reuniu alguns profissionais da investigação privada brasileira

Neste último dia 29 de setembro em Salvador na Bahia aconteceu a 6ª Reunião de Trabalho que busca debater sobre a organização, estruturação e normatização da profissão de Detetive Particular no Brasil.

Na reunião tiveram presentes alguns profissionais que expuseram suas sugestões e ideias sobre o tema.

A organização foi a cargo do Detetive Bruno Couto.


O evento foi realizado na Assembleia Legislativa do estado da Bahia.

A Comissão Nacional foi representada pelos Detetives Robson Jorge, Décio Freitas, Jaqueline Morais, Mário Del Pratto e Itacir Flores.











domingo, 24 de setembro de 2017

Detetive Devair Quesada assume o cargo de Presidente do CONDESP tendo como sua vice-presidente a Detetive Jacqueline de Morais.

Detetive Décio Freitas e o novo presidente do CONDESP Detetive Devair Quesada e a 
Detetive Jacqueline de Morais vice-presidente
Em Assembleia Geral Extraordinária realizada dia 22 de setembro no Plenário da Câmara de Araçatuba (SP), o Órgão deliberativo maior do CONDESP empossou no cargo de Diretor-Presidente o colega Detetive Devair Quesada da Silva (SP). O dirigente irá exercer a função até o final do mandato da Diretoria Executiva em 25/07/2019. 

O ex-presidente, detetive André Luis, estava afastado desde dezembro de 2016 quando assumiu a presidente de entidade sindical da categoria recentemente criada e que aguarda a análise do pedido de registro sindical requerido perante o Ministério do Trabalho. Enquanto o Detetive Décio Freitas coordenará a estruturação da FENAD.

O novo Presidente do CONDESP anunciou a instalação de uma Subsede oficial na cidade de São Paulo no mês de outubro, declarando que continuará o trabalho de expansão do quadro de afiliados dentro dos critérios de admissibilidade estabelecidos na 2ª Consolidação do Estatuto vigente.

Na mesma oportunidade, a Detetive Jacqueline de Morais (SP), indicada pela Diretoria Executiva, foi conduzida também por votação unânime para o cargo de Vice-Presidente para o período de 22/09/2017 à 25/07/2019.

O DETETIVE DÉCIO DE FREITAS DE SÃO PAULO É HOMENAGEADO EM ASSEMBLEIA DO CONDESP - Conselho dos Detetives Particulares do Estado de São Paulo

Detetives Devair Quesada, Décio Freitas e Robson Jorge
O CONDESP – Conselho dos Detetives Particulares do Estado de São Paulo (www.condesp.org.br), em Assembleia Geral Extraordinária realizada no Plenário da Câmara Municipal de Araçatuba (SP), sob a presidência do Detetive Devair Quesada, entregou uma placa ao Detetive Audécio de Freitas (Décio da Agência Akopol - Ribeirão Preto SP), pela dedicação em prol do CONDESP e da valorização da profissão de detetive particular.


Profissional com larga e efetiva militância, respeitado pelos colegas por todo o Brasil, teve um papel fundamental na liderança da *Comissão Nacional* que lutou pela aprovação da Lei Federal n.º 13.432/2017.

O homenageado na tribuna agradeceu a Mesa e o reconhecimento dos colegas, ressaltando em suas palavras finais a atuação do detetive André Luis que esteve à frente da instituição.

Atenderam ao edital de convocação os seguintes Detetives: Robson Jorge, Devair Quesada, Manuel Xufre, Décio de Freitas, Jaqueline de Morais, André Luis, Noedir Carlos, Dilson Zanetti, Marina Roque, Marcos Aquilino, Marcos Padovan.

Representando o Legislativo araçatubense participou da Mesa da Assembleia o escrivão de polícia e vereador Carlos Roberto Santana.



Detetives Décio Freitas e André Silva (Ex-presidente do CONDESP)

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Detetive Mario Delpratto do estado de São Paulo solicita seu retorno a Comissão Nacional e é aceito prontamente pela direção do grupo.


Esta semana foi importante para o grupo que há anos vem interagindo com os demais Detetives Particulares do Brasil para organizar, restruturar e normatizar a profissão.

O Detetive Mario Delpratto do estado de São Paulo procurou sua colega do grupo Detetive Jaqueline, que ele mesmo havia apresentado para a comissão, onde solicitou seu retorno à Comissão Nacional.

A Detetive Jaqueline também de São Paulo levou o assunto a direção da comissão que prontamente aceitou o retorno do Detetive Mario Delpratto.

A Comissão Nacional (CN) entendeu que o detetive citado acima deveria ser aceito ao grupo da onde nunca devia ter saído, porém a CN sempre o respeitou pela decisão.

"Seja bem vindo de volta Detetive Mario Rodolfo Budino Delpratto ao nosso convívio. Você mostrou a grandeza de um homem ao retornar à luta que sempre defendeu em prol de todos. Nós olhamos o que o detetive Mario fez quando ainda ativamente estava conosco e por isso nossa decisão. Temos a certeza que muito ainda fará pela classe". Disse Itacir Flores - presidente da CN



Detetives Particulares da BAHIA estão convidados a participarem dia 29 de setembro da Reunião de Trabalho que discutirá os rumos da profissão.

Será no dia 29 de setembro na Assembleia Legislativa do Estado da BAHIA a próxima Reunião de Trabalho da Comissão Nacional que está propondo a organização, restruturação e normatização da profissão.

Será uma palestra pelo dr. Itacir Flores que falará sobre a perspectiva da profissão no que tange a sua organização como classe profissional, além de esclarecer outros pontos sobre a Lei Federal 13.432/17, recentemente sancionada pelo presidente da república.

Na oportunidade o detetive Bruno Couto, organizador e idealizador do evento fará uma explanação sobre o contexto atual da categoria no estado da Bahia, dentre outros assuntos.

Estará presente no evento, além dos convidados pelo detetive Bruno Couto, os detetives de São Paulo Robson Jorge, Décio Freitas e Jaqueline Morais.


Data: 29 de setembro de 2017;
Hora: das 08 horas às 14 horas
Local: Auditório da Assembleia Legislativa da Bahia.
AB - Centro Administrativo da Bahia
Entrada FRANCA


domingo, 27 de agosto de 2017

Conselho Regional dos Detetives do Ceará realiza a Reunião de Trabalho da Comissão Nacional no Hotel Sonata em Fortaleza.


Robson Jorge, Itacir Flores, José Ivan de Souza anfitrião, Décio Freitas e Jaqueline Morais
Dia 25 de agosto último, a Comissão Nacional, neste ato, composta por Itacir Flores, Robson Jorge, Décio Freitas e Jaqueline Morais, estiveram presentes em um grande evento de Reunião/Trabalho organizado e estruturado pelo Conselho dos Detetives do Estado do Ceará, no Hotel Sonata em Fortaleza.

O evento foi idealizado pelos Detetives José Ivan de Souza, Antonio Gleudison Souza Rodrigues e Luiz Pinto do Amaral Neto.

Detetive Sophye do Rio de Janeiro fez a entrega de documento onde sugere pontos para a normatização da profissão de detetive Particular no Brasil


Momento da entrega do documento pela Detetive Sophye ao Itacir Flores
Na última reunião da Comissão Nacional no estado do Rio de janeiro no dia 11 de agosto de 2017, a Detetive Sophye, que desde 1991, trabalha na profissão, aproveitou a oportunidade e entregou à comissão, um documento onde solicita em nome das Detetives Mulheres do Brasil, para que seja analisada as propostas feitas e se válidas juntada ao rol de ideias e sugestões para a normatização da profissão.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Santa Catarina conta com o trabalho aprimorado e ético do Detetive Particular José Arnold

Detetive José Arnold de Santa Catarina
Em diversas oportunidades, com posicionamentos firmes e fortes em prol da regulamentação da profissão, o Detetive Particular José Arnold, se manteve como um líder no grupo da regulamentação.

O seu profissionalismo é o mote de seu trabalho. Buscar aperfeiçoamento sempre foi uma forma de atender as novas necessidades da profissão, o que fizeram de José ser o profissional que é perante a sociedade catarinense.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Detetives do Brasil: Agora a Reunião de Trabalho da Comissão Nacional será em Fortaleza - Ceará. PARTICIPE. COMPARTILHE NOSSO CONVITE

Mais uma Reunião de Trabalho está prevista para o dia 24 de agosto de 2017, em Fortaleza - Ceará, onde a Comissão Nacional se reunirá com os Detetives Particulares do Brasil, principalmente do estado do Ceará.

CONVIDAMOS À TODOS A ESTAREM PRESENTE NESTA REUNIÃO.

"Associações, sindicatos, conselhos, agências, profissionais interessados"

Estas Reuniões de Trabalho é uma iniciativa da comissão para estimular a união de todos os profissionais da área de investigação privada no Brasil.

Estamos cientes da dificuldade de se organizar qualquer evento, pois sempre há gastos financeiros e de disponibilidade de tempo, mas estamos cientes também que somente vamos chegar numa profissão estruturada, organizada e normatizada com um pouco de "suor" dos guerreiros que apoiam a causa.

Precisamos de seu apoio para que curtam nossas postagens no facebook e compartilhem.

Um pouco de cada Detetive faremos o BEM para todos.


sábado, 12 de agosto de 2017

No Rio de Janeiro a Reunião de Trabalho visando o debate do futuro da profissão de Detetive Particular no Brasil foi muito promissora.


Nesta sexta-feira dia 11 de agosto, reunimos o Rio de Janeiro em mais uma Reunião/Trabalho para debater os rumos que pretendem os profissionais da investigação privada, tomar para o engrandecimento da profissão.

Nesta vez foi no Rio de Janeiro, onde diversos profissionais se fizeram presentes e muitos não puderam comparecer por motivo de trabalho e ser numa sexta-feira.


LEIA MAIS

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Comissão Nacional em nova fase. Vem aí a ORDEM DOS DETETIVES DO BRASIL e a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS DETETIVES

Foto HISTÓRICA dos participantes do
1º Congresso Nacional do Detetives Particulares do Brasil em Brasília - 2017.
Depois de diversos anos a lutar pela regulamentação da profissão de Detetive Particular no Brasil, decidimos, devido a Lei Federal 13.432/17, reavaliar a função da CNPRD.

Desta forma analisamos a atual situação e vamos dividir as funções nesta nova caminhada em prol da categoria. Esses assuntos abaixo será estudado, analisado e posto ao debate à categoria pelo Detetive Raul Subtil (Àbacus) do RS e Detetive Décio Freitas (SP). Ambos são experientes e detetives profissionais há mais de 25 anos e sabem bem dos interesses da categoria e poderão contribuir em muito neste novo momento. 

A hora é de somar e não de criticar somente por criticar.
Venha se agregar a este novo momento!!!!

A PRIMEIRA LINHA a ser seguida será o registro de um Conselho Nacional em Cartório Público para debater a estruturação, organização e normatização da classe. 

Junto ao novo Conselho será instituída a ORDEM DOS DETETIVES DO BRASIL. Tudo em caráter privado e com a adesão livre dos profissionais interessados a continuar a luta. 
Detetive Ábacus
Este novo grupo será composto por profissionais que trabalharam incansavelmente para a regulamentação da profissão, inicialmente sob a coordenação do Detetive Raul Subtil (Àbacus) do RS, que fará todos os atos e convites aos profissionais a integrarem o grupo.

A SEGUNDA LINHA será a sindicalização da profissão, com a criação de sindicatos em todos os estados do Brasil e consequentemente a constituição de uma Federação e no futuro a Confederação Nacional dos Detetives Particulares do Brasil. 

Detetive Décio Freitas SP
Na sindicalização da profissão o Detetive Décio Freitas (SP), será o responsável pela organização desta entidade sindical no Brasil que deverá ser registrado no Ministério do Trabalho, onde buscarão a CARTA SINDICAL, para que surta os efeitos legais para o crescimento da categoria. Interessados em participar do grupo procurem o detetive acima citado.

Por fim queremos em nome de todos que de uma forma ou de outra participaram da luta, agradecer o apoio, a dedicação, a defesa do tema e a vontade de ajudar a categoria participando solidariamente, gratuitamente e voluntariamente para que chegássemos até aqui. Foi com a força de todos e o respeito que a CNPRD teve por todos que hoje o respeito e admiração são reciprocas, entre os detetives e a CNPRD.


A direção agradece de público o trabalho incansável realizado pelo GT - Grupo Técnico que por diversos meses trabalhou na juntada e análise documental sobre a categoria, além de apresentarem um pré projeto de estatuto, código de ética etc.. e o assessoramento à Direção da Comissão Nacional.
Muito obrigado aos Detetives Josué (SC), André Luiz (SP), Clóvis Aquino (PE), Socorro do Amaral (MA) e Àbacus (RS).


Dito isso está findado todo e qualquer ente simbólico feito até aqui, ou seja (não existem mais cargos simbólicos) para que novos rumos sejam tomados e direcionados à criação do CONSELHO NACIONAL (Ordem dos Detetives do Brasil) e a Federação Nacional dos detetives do Brasil via sindicato. Tudo na linha privada.

AGUARDEM AS NOVIDADES.


Porém agradecemos em especial os Detetives Edison Arnold, Clóvis Aquino, Fabiana Lemos, Décio Freitas e Itacir Flores que fizeram parte da Direção Nacional da CNPRD desde 2010.



Itacir Flores - Rio Grande do Sul

Fabiana Lemos - Rio Grande do Sul

Edison Arnold - Brasília

Clóvis Aquino - Pernambuco

Décio Freitas - São Paulo

Não podemos, neste momento em que a CNPRD, busca um novo rumo pensando em melhorar a profissão no Brasil, deixar de agradecer ao Detetive Henrique Vargas que junto com o nosso Itacir Flores deram o ponta pé inicial para que pudéssemos estar aqui hoje mostrando o que pretendemos para o futuro de nossa profissão.
Detetive Henrique Vargas, então deputado Federal Ronaldo Nogueira e Itacir Flores
reunidos para tratar do PL 1211/11 - Porto Alegre - RS. (2012)

Detetive Henrique Vargas, Detetive Walmir Battu e Itacir Flores
reunidos na Assembleia Legislativa do RS - Restaurante

Itacir Flores, Josué Oliveira e Henrique Vargas reunidos em Itajaí Santa Catarina
onde foramk tratar com o Detetive Josué seu apoio a CNPRD

Detetives Socorro Amaral (MA), Will Verun (SP) senador Edison Lobão,
presidente Itacir Flores e Detetive Henrique Vargas

Detetive Henrique Vargas, Itacir Flores, O Chefe de gabinete do deputado federal Protógenes Queiroz e
Robson Jorge (SP) data em que fomos conversar sobre o voto em separado do referido deputado
.

Uma das primeiras fotos da Comissão Nacional Pró Regulamentação da Profissão de Detetive Particular no Brasil tirada na Assembleia Legislativa do RS, na reunião de Trabalho para estruturar o PL 1211/11. Na foto Detetives Borges,
Amadeu, Lemos, Fabiana Lemos dentre outros. Alem  dos deputados XX, Ronaldo Nogueira e o presidente Itacir Flores

Detetives Lemos, Itacir, Darci, Mário Delpratto e Henrique Vargas, no aeroporto Salgado Filho
em Porto Alegre recepcionando o Detetive de São Paulo Mário Delprato

Confraternização no Dia do Detetive em restaurante no Rio Grande do Sul

Representação Gaúcha na Câmara Federal em uma das suas primeiras incursões
em prol da aprovação do PL1211/11

Detetive Henrique Vargas palestrando em Recife Pernambuco

Visita ao Detetive Henrique Vargas que se encontra enfermo.


NOSSO MUITO OBRIGADO AOS DEMAIS GUERREIROS DA PROFISSÃO QUE SEMPRE ESTIVERAM CONOSCO E JAMAIS SERÃO ESQUECIDOS PELA CLASSE.

Não nominaremos nomes devido a grande quantidade de parceiros que estão conosco nesta luta, pois nosso carinho é para com todos.


Venha fazer parte deste novo momento!!!


Atenciosamente.

Direção Nacional da hoje extinta CNPRD

domingo, 6 de agosto de 2017

RIO DE JANEIRO: Reunião de Trabalho debaterá o futuro da profissão de Detetive Particular no Brasil. PARTICIPE. TODOS SÃO BEM-VINDOS.

Detetives do Brasil.

No dia 11 de agosto próximo estaremos nos reunindo no Rio de Janeiro (veja convite acima) para uma Reunião de Trabalho visando a organização, estruturação e normatização da profissão.

Na ocasião teremos uma palestra do Dr. Itacir Flores que falará sobre a profissão.

Aguardamos TODOS no evento.